.

.

.

.

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Devoção das novenas católicas retratadas em exposição no MUBAC

O Museu do Barro de Caruaru (Mubac) através da SECULT/FUNDARPE, preparou para as festividades da Semana Santa a exposição “A Religiosidade em Barro - Novenas”. A mostra reúne peças das artesãs do Grupo Flor do Barro e retrata uma das tradições religiosas mais expressivas do Alto do Moura, a novena de São Sebastião.

"Novena é um festejo religioso de tradição da Igreja Católica, onde geralmente as pessoas se reúnem durante nove dias, como o próprio nome sugere, para fazer orações ao santo (a) padroeiro (a) do local. Aqui, mais precisamente no Alto do Moura, temos a novena de São Sebastião. 

Amélia Campello
A exposição, além de mostrar todos os ritos e devoção dessa tradição, irá revelar, através do acervo do Grupo Flor do Barro, todo o movimento que essa festividade envolve, principalmente ao redor da igreja, que costuma promover uma verdadeira confraternização entre os moradores e devotos, numa junção entre o sagrado e o profano”, conta a gestora do Mubac, Amélia Campello, que também assina a curadoria da mostra.

Na mostra, os visitantes poderão ver estatuetas de banda de pífanos, barracas de prendas, conjunto de forró tocando, pessoas dançando, namorando, comprando, uma verdadeira festa popular. “Essas figuras representam as cenas de uma festa religiosa que popularmente conhecida como quermesse, que está intrinsicamente ligada às novenas católicas”, afirma Amélia Campello.

De acordo com ela, a ação irá aproveitar o fluxo de pessoas no município nesse período da Semana Santa, que fica bem intenso por ser um das rotas da Paixão de Cristo em Fazenda Nova, para “mostrar riqueza e o trabalho dos artistas e artesãos de Caruaru”.

A exposição é fruto do trabalho desenvolvido pelo Grupo Flor do Barro, criado em 2014 e composto de 16 mulheres artesãs, que desenvolvem um trabalho de ressignificação da herança cultural do local deixada pelos mestres Vitalino, Zé Caboclo, Manuel Eudócio, Ernestina, Zé Rodrigues, dentre tantos outros. O objetivo do grupo é fazer com que se perpetuem os costumes da comunidade de artesão do Alto do Moura, fazendo uma reconstrução das tradições vividas na região.
A mostra,  foi inaugurada ontem (11), 
reúne peças do Grupo Flor do Barro (Alto do Moura)

Grupo Flor do Barro

Carmélia Rodrigues da Silva
Cícera Otília da Silva
Cleonice Otília dá Silva
Drielle Micaela Soares da Silva
Elisvanda Barbosa dá Silva
Ivanise da Silva
Ivonete Soares da Silva
Janaína Barbosa de Melo
Maria Aparecida Barbosa dá Silva
Maria Betânia Silva Barbosa
Maria do Socorro Rodrigues da Silva
Maria Margarida dá Silva
Marli Maria Lopes da Silva
Nerice Otília da Silva
Patrícia Maria da Silva

Rosineide Maria Silva de Barros

Nenhum comentário:

Postar um comentário