.

.

.

.

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Sebá Alves: "O Teatro João Lyra Filho precisa ser municipalizado"

A declaração do artista foi feita durante a entrevista na Caruaru FM, no Jornal Vanguarda, ao jornalista Wagner Gil, no dia Mundial do teatro (27 de março), Sebá defende não só a reforma mas principalmente a municipalização do teatro.

"Para que possamos trazer grandes e bons espetáculos isso é necessário. Não há prêmio maior para todos os artistas, pois já conseguimos os mais importantes prêmios e títulos que se possa conseguir, mas falta um teatro municipal e o Teatro João Lyra tem terreno suficiente" disse Sebá.

Em outro momento o jornalista abordou os avanços do teatro caruaruense mesmo com o pouco apoio até mesmo do poder público, Sebá reconhece mas alerta para outro ponto: "Eu vejo um problema maior que é a falta de sensibilidade de tratar os artistas. Se você é ouvido isso já lhe dá uma atenção maior por uma administração local", sentenciou.

O mestre mamulengueiro falou também sobre a nova safra de artistas formados pelos mais experientes, citando por exemplo Arary Marrocos (TEA), Severino Florêncio (SESC), Moisés e Maria Alves como "pessoas capacitadas que se entregam por Caruaru e que merecem muito respeito e especialmente atenção".

Wagner Gil ressaltou que essas dificuldades em relação a Fundação de Cultura são antigas, que há pouca mudança para os artistas dizendo que "entra gestão, sai gestão e muda muito pouco", e Sebá completou dizendo que financeiramente as autoridades participam de forma tímida e acanhada "O município tem obrigação total de apoiar os artistas e especialmente dar atenção, pois trazemos para o município muitos prêmios e reconhecimento".

Perguntado sobre sua concepção em relação a prefeita, Sebá observa de forma positiva dizendo que "Raquel fará muito mais agora do que como Deputada que apoiava os artistas com verba parlamentar, mas seus secretários precisam estar de mãos dadas para saber o que mais convém para Caruaru, que é a arte, a feira, a riqueza cultural. Essa cidade respira cultura mas todas essas deficiências apontadas demonstra falta de união e diálogo."

Nenhum comentário:

Postar um comentário