.

.

.

.

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Prorrogadas as Inscrições para o XII Concurso de Registro de Patrimônio Vivo de Pernambuco


Devido à greve dos Correios, a Secult-PE e a Fundarpe estenderam o prazo de inscrições para o XII Concurso de Registro de Patrimônio Vivo, que, agora, segue aberto até o próximo dia 19/5 (sexta-feira). A decisão visa contemplar os candidatos que moram mais afastados da Região Metropolitana e que, por conta da paralisação dos serviços dos Correios, poderão ficar impossibilitados de entregar os documentos no período firmado anteriormente.
Além de uma bolsa mensal para ajudar a manter e preservar as expressões da cultura popular e tradicional pernambucana, os titulados como Patrimônios Vivos de Pernambuco ganham lugar de destaque nas programações culturais e são dispensados, por exemplo, da fase de habilitação de mérito cultural em processos como convocatórias estaduais para participação de festivais e ciclos festivos. O edital, o regulamento e os formulários de inscrição serão disponibilizados no portal www.cultura.pe.gov.br, e também através do e-mail: patrimoniovivope@gmail.com.

REQUISITOS - Para concorrer ao RPV-PE os candidatos devem comprovar currículo de trabalho na área cultural há mais de 20 anos, e comprovar residência em Pernambuco por igual período. É preciso ainda apresentar comprovação de renda e cópias dos documentos pessoais do proponente e candidato, ambos solicitados no ato da inscrição. As candidaturas devem, obrigatoriamente, ser propostas por entidades com personalidade jurídica, sem fins lucrativos, constituídas há pelo menos dois anos e que tenham como uma de suas finalidades a proteção ao patrimônio cultural ou artístico. Cada entidade proponente só poderá apresentar uma candidatura ao RPV-PE 2017. O julgamento das candidaturas será realizado pelo Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural (CEPPC), que conta com sete representantes da sociedade civil, eleitos em 2015, e sete representantes de órgãos governamentais.

ACESSE AQUI O EDITAL E OS ANEXOS DO XII CONCURSO DO PATRIMÔNIO VIVO DE PERNAMBUCO.

LEI - Importante política cultural de salvaguarda, a lei dos Patrimônios Vivos é a primeira lei do tipo no Brasil, tem como objetivo reconhecer, valorizar e apoiar mestres e grupos que detenham os conhecimentos ou as técnicas necessárias para a produção e a preservação de aspectos da cultura tradicional ou popular – formas de expressão, saberes, ofícios e modos de fazer -, em especial, os que sejam capazes de transmitir seus conhecimentos, técnicas e habilidades às novas gerações de alunos e aprendizes, objetivando a proteção e a difusão do patrimônio pernambucano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário