.

.

.

.

domingo, 13 de agosto de 2017

Alunagem - Nay Harrison


O Surto Patenteado
Em meio a alucinação
Doce de ser Dessexuado.
Permito-me gozar
do teu feérico.

Em minha aeronave 
azul turqueza, vaguear
Dentre estrelas roxas 
de prazer

Zênite aguda
onde supre a morbidez
do haver.
Que ziguezagueante

metamorfosear no breu
da desolação.
Comer! Poesia! Vertiginoso
pertubando a razão.

(Nay Harrison)

Um comentário:

  1. Gratidão querido Paulo Nailson, pl lembrança e inspiração do ser <3 !!!!

    ResponderExcluir