Edmilson do Salgado fará dobradinha com Eduardo Guerra

julho 07, 2018

Luciana Santos foi entrevistada pela Rádio Liberdade nesse sábado, 07.

Tudo ainda está no campo das pré-candidaturas mas a vinda da Presidente Nacional do PCdoB, Luciana Santos, que esteve em Caruaru na sexta e sábado, 6 e 7 de julho, serviu para confirmar oficialmente as pré-candidaturas do vereador Edmilson do Salgado a Deputado Estadual e Eduardo Guerra a Deputado Federal. "Edmilson do Salgado com muita honra representa o PCdoB na Câmara de Caruaru, ele foi o mais votado na cidade e certamente vai sentar na Casa Joaquim Nabuco, na Assembléia Legislativa de Pernambuco", falou Luciana na Rádio Liberdade.

Luciana assistiu o jogo do Brasil junto com militância e dirigentes na sexta e no sábado logo cedo esteve no programa Show da Cidade da Rádio Liberdade abrindo a temporada de entrevistas da emissora com os pré-candidatos ao Senado.

Luciana ainda conversou com o jornalista Mário Flávio em entrevista que irá para o ar na segunda-feira durante o programa Jornal das Sete da Rádio Globo FM. “Temos aqui o vereador mais votado na última eleição que é Edmilson do Salgado, ele vai dobrar comigo aqui. Também temos a pré-candidatura a deputado federal do camarada Eduardo Guerra. O partido é muito bem conduzido por Lino Portela e temos a certeza que vamos ter uma boa votação em Caruaru”, disse ao Blog do Mário Flávio.

Na Rádio Liberdade ela falou sobre a recente informação da possibilidade de sair como vice na chapa com Paulo Câmara: 

"É um debate em construção, porque no ano passado, num encontro estadual nosso, a Conferência Nacional do PCdoB, nós então lançamos essa ideia de me colocar a disposição de uma possível participação na chapa majoritária no Senado e a partir disso, tem toda uma ação política do partido, pela primeira vez estamos montando chapa própria para estadual, talvez uma das mais competitivas que vai ocorrer em outubro, nosso querido camarada João Paulo veio para o PCdoB, o ex-presidente do PT do Recife, Osmar ricardo, também veio. O PCdoB para além das nossas ideias e nossa força nós incorporamos força política e eleitoral.  Isso nos trouxe para esse contexto, que não depende só do PCdoB nem mesmo só do Governador isso é uma construção de várias mãos, tem o PDT, e eu quero fazer uma saudação especial a Wolney Queiroz, meu colega no Congresso nacional, a tentativa da Frente Popular em fazer que o PT componha essa frente, a participação do PP na base do Governo Paulo Câmara, do PR. Então há um esforço muito grande para que todas essas forças marchem para um entendimento.

Sobre a pré-candidatura do PcdoB de Manuela D'Avila relatou:

"Nos nossos 97 anos só tivemos três candidatos a presidente da República, um operário, Iêdo Fiusa e agora uma jovem mulher. Ela é um fenômeno eleitoral e de clareza política. Foi a mais votada deputada federal no Rio Grande do Sul duas vezes. Já pontua com 2% no Brasil, aqui em Pernambuco ela empata com Geraldo Alkmim que já foi candidato a presidente e governador. Ela representa o novo, estamos muito animados com a candidatura dela."

Luciana também deixou sua avaliação sobre o Brasil atual:

"Vivemos os momentos mais agudos da história recente do país, pois afinal nós passamos por mais um momento de ruptura democrática, há dois anos atrás, num impeachment a nosso ver fraudulento contra a primeira mulher eleita no país que é a ex-presidenta Dilma Roussef. Não é a primeira vez que se interrompe de forma abrupta um projeto nacional e popular. Aconteceu com Gertúlio Vargas, que acabou se suicidando com um tiro no peito, com João Gular porque representava a força de um projeto popular e nacional com muita força na base e interrompido naquele tempo com o Golpe Militar. Então vivemos uma imposição de uma agenda que não foi aprovada nas urnas."

Você pode gostar também

0 comentários