Adeus a Severino Vitalino por Jénerson Alves

janeiro 08, 2019

Foto: Larissa Albuqueque
Uma notícia mui triste
Por todos nós recebida:
Severino Vitalino
Desta terra fez partida,
Findou-se a vida de quem
Moldou o barro com vida.

Aqui no Alto do Moura
Ele cumpriu seu destino,
Descreveu no seu trabalho
A vida do nordestino
E morreu no hospital 
Com o nome de Vitalino.

O filho de Vitalino
A partir de hoje vai
Fazer bonecos no céu
No reinado de Adonai
Com o Pai dos pais na frente
E ao lado do próprio pai.

Ele, criação do barro
(Como Adão foi feito outrora),
Também virou criador
Na arte que se aprimora,
Quem de barro veio ao mundo
Voltou para o barro agora.

Jénerson Alves, 07.01.2019

Você pode gostar também

0 comentários