CRÍTICA DA SEMANA ANIMAIS FANTÁSTICOS – OS CRIMES DE GRINDELWALD por Mary Queiroz

novembro 22, 2018

E-mail: mdaq_tudopassa@hotmail.com - Whatsapp: 9.9309.2464
Instagram: mdaqueiroz
Muitos efeitos para pouco filme


Em 2001, chegava as telonas o filme Harry Potter e a Pedra Filosofal e a partir dai fomos apresentados ao universo mágico do bruxinho mais simpático da história do cinema. Baseada na série de livros homônima da escritora J.K. Rowling, foram produzidos cerca de 8 filmes somando uma receita total de U$ 8,535,950,229. Era a consagração de uma franquia de sucesso solidificado, para alegria dos milhares de fãs espalhados no mundo todo.

Harry Potter abriu as portas para expansão de sua franquia e em 2016 somos brindados com uma nova história deste universo, desta vez, com uma narrativa que se passa muitos anos antes do bruxinho nascer e baseada em um livro da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts: ANIMAIS FANTÁSTICOS E ONDE HABITAM que retrata o trabalho de Newt Scamander no seu trabalho interminável de catalogar os animais exóticos do Mundo Bruxo. O filme de mesmo nome, tem o ator  Eddie Redmayne no papel de Newt. Com orçamento de US$ 180 milhões e uma receita de US$ 814.037.575 ANIMAIS FANTÁSTICOS provou que o Universo Harry Potter ainda tem muito a apresentar pela frente.


Passados 2 anos, estreou nos cinemas na semana passada a sequência Animais Fantásticos – Os Crimes De Grindelwald e já demonstra também, ter força suficiente para emplacar, pois em seu primeiro final de semana, já soma mais de U$ 200 milhões no mundo todo. E neste filme,  vamos ver Newt Scamander reencontra os queridos amigos Tina Goldstein, Queenie Goldstein e Jacob Kowalski. Ele é recrutado pelo seu antigo professor em Hogwarts, Alvo Dumbledore, para enfrentar o terrível bruxo das trevas Gellert Grindelwald, que escapou da custódia da Macusa (Congresso Mágico dos EUA) e reúne seguidores, dividindo o mundo entre seres de magos sangue puro e seres não mágicos.

Eddie Redmayne reprisa o papel de Newt Scamander e continua tão inexpressivo quanto no filme anterior, mas apesar de  fazer parte do personagem ser introspectivo, não precisa que ele insista  em exibir tantas caras e bocas para expressar suas emoções. Já Jacob Kowalski, um dos grandes alívios cômicos do filme, reaparece apático, sem graça, numa atuação um tanto forçada e ao mesmo tempo, preguiçosa por parte do Ator Dan Floger, que deu um show de humor no primeiro filme. A mesma coisa acontece com sua companheira, a bruxa Queenie Goldstein, que tem a capacidade de ler mentes, interpretada por Alison Sudol, outra personagem muito mal aproveitada no filme e aliás, diante do que acontece com ela, nem era necessário seu retorno. Outra personagem também  pouco desenvolvida é Porpentina "Tina" Goldstein. Se ela demonstrou ser uma bruxa de atitude, uma mulher forte, decidida e focada nas suas convicções, aqui ela não passa de uma ex-paixão de Nwet, frustrada com essa relação que não descolou desde o primeiro filme. A Atriz Katherine Waterston passa o tempo todo com uma cara de quem teve seu prato de comida predileto roubado e ainda por cima, fica fazendo biquinho e mordendo os lábios cada vez que olha para o Nwet. Já Jude Law, interpreta um Dumbledore extremamente jovial e viril, longe do Professor conciso de suas obrigações que guarda um segredo na trama o qual é muito mal explicado e muito menos explorado na narrativa. Uma atuação que gostei foi a da Zoë Kravitz, ela conseguiu passar todo drama e mistério que sua personagem Leta Lestrange exigia.



Além de tantos outros personagens os quais são inseridos sem muita exploração, com explicações forçadas e desnecessárias, mas que teriam um peso maior dentro do roteiro se houvesse mais tempo para que essa explicação viesse à tona de maneira lógica dentro de uma linha de raciocínio mais aceitável, poderíamos compreender, assim, suas presenças na história. O arco que apresenta o personagem Credence Barebone (Ezra Miller) com o Grindelwald (Johnny Depp), é um exemplo disso. As próprias motivações de Grindelwald em muitos momentos, são pouco explicadas e as vezes ficamos na dúvida de seus objetivos.

O que nos encanta mesmo são os efeitos visuais  que dão um show a parte. Os animais em CGI chegam a beira da perfeição, nos levando a crer que eles existem. A carruagem voadora na qual Grindelwald foge, também merece um destaque tamanha realidade da cena construída, mas não é isso que salva um filme. É preciso muito mais, porém, para os fãs desta franquia, não importa roteiro, ou atuação, eles querem ver seus personagens prediletos na telona, em ação, fazendo-os crer que bruxos e magia existem, prova disto, é que 5 filmes serão produzidos desta nova fase da franquia, denominada MUNDO BRUXO DE J.K. ROWLING. Estamos no segundo, ainda faltam 3 e tomara que melhorem ao longo dos próximos anos. É aguardar para conferir.

#Filmenota4
#Assista
#AnimaisFantásticosOsCrimesdeGrindelwald


PROGRAMA CLUBE DO FILME

Neste sábado, às 13h e  na Rádio Cultura do Nordeste, tem  O  PROGRAMA CLUBE DO FILME,  apresentado por Edson Santos e Mary Queiroz.  Eles farão uma análise sobre o filme ANIMAIS FANTÁSTICOS – OS  CRIMES DE GRINDELWALD. O Clube do Filme contará com a presença do pessoal do site CIN3FILIA: João Victor, Thiago Muniz e Adson Emanuel, além de Antônio Neto e Rob Maia. Vale a pena ver esse filme? A sequência ficou melhor que o primeiro filme? Jhonny Depp está fazendo um bom papel? Tudo isso e muito mais, no Clube do Filme.
Acompanhe ao vivo pela LIVE do facebook: www.facebook.com/RadioCultura1130

ESTREIAS DA SEMANA

De Repente Uma Família


O jovem casal Pete (Mark Wahlberg) e Ellie (Rose Byrne) decide adotar uma criança, e busca uma feira destinada a proporcionar encontros entre adultos e jovens sem lar. O casal se apaixona pela pré-adolescente Lizzie (Isabela Moner), uma garota de temperamento forte, e decide adotá-la. Mas Lizzie tem dois irmãos menores, que se mudam com ela. Logo, Pete e Ellie se veem com três crianças barulhentas e indisciplinadas, que mudam as suas vidas por completo.



Na véspera do Dia D , um esquadrão de pára-quedistas é enviado para destruir uma torre de rádio alemã em uma antiga igreja; no entanto, seu avião é abatido antes que eles possam atingir seu alvo, deixando apenas cinco aparentes sobreviventes, o cabo Ford e os soldados Boyce, Tibbet, Chase e Dawson. Dawson é morto por uma mina terrestre, mas a equipe continua em frente, correndo para uma mulher francesa chamada Chloe, que concorda em levá-los para a aldeia onde a torre de rádio está localizada. Os soldados descobrem que Chloe mora com seu irmão de 8 anos, Paul, e sua tia, que foi desfigurada por experimentos nazistas na igreja. Depois que Tibbet e Chase partem para verificar o local de encontro agendado, os soldados restantes são forçados a se esconder no sótão quando uma patrulha nazista realiza uma inspeção de rotina. Mas quando SS Hauptsturmführer Wafner tenta estuprar Chloe, Boyce o ataca, obrigando os soldados a prendê-lo.

Tentando chegar ao ponto de encontro, Boyce testemunha os nazistas queimando moradores de vilarejos desfigurados. Ele é quase pego por um cachorro e é forçado a se refugiar em um caminhão que transporta os corpos de alguns dos outros pára-quedistas. Uma vez dentro da base, Boyce descobre que há vários experimentos acontecendo no laboratório, baseados em um composto líquido misterioso que os nazistas descobriram, destilando um alcatrão através de corpos humanos, debaixo da igreja. Boyce pega uma amostra do soro e resgata Rosenfeld, outro membro do esquadrão de paraquedistas que foi capturado pelos nazistas e foge do castelo.

Filme dirigido por Julius Avery e escrito por Billy Ray e Mark L. Smith . É estrelado por Jovan Adepo , Wyatt Russell , Mathilde Olivier, John Magaro , Gianny Taufer, Pilou Asbæk e Bokeem Woodbine .  O filme foi produzido por JJ Abrams , através de seubanner Bad Robot Productions , e Lindsey Weber.  O enredo segue vários soldados americanos que são deixados para trás das linhas inimigas no dia anterior Dia D e descubra experimentos nazistas secretos .
Overlord foi lançado nos Estados Unidos em 9 de novembro de 2018 pela Paramount Pictures . O filme recebeu críticas positivas e arrecadou mais de US $ 33,1 milhões em todo o mundo com um orçamento de US $ 38 milhões.

Confira o Trailer:



Você pode gostar também

0 comentários