Vai um café aí?

julho 03, 2018


Julho é mês de férias, de frio. Mês de reposição de energias esperançosas para o segundo semestre. Já começa certo, o primeiro dia cai no primeiro dia da semana, domingo. Este ano só abril e julho começam assim. Sem maiores significados, claro.
Julho começa (astrologicamente) com o Sol no signo de Câncer e termina no signo de Leão. Não trilho muito por essa filosofia, mas admiro.
Este ano o mês de julho terá 5 domingos, 5 segundas e 5 terças, pra quem gosta de simpatias, pode pesquisar, algo vai encontrar.
Mas prefiro ficar com o signo do frio. No frio nos achegamos e aconchegamos. Os abraços entre amigos são mais demorados. E o prazer de sentar numa cafeteria e tomar aquele cafezinho, discorrendo sobre um bom assunto, tem coisa melhor? Acho até que tem, vai de cada um.
E quando você tem do outro lado da mesa uma garota, o café fica à parte, até esfria.
E quando é entre amigas, se torna um lugar aconchegante para um papinho. O ambiente tem sempre poucos lugares e é uma gracinha, parece com quintal da vovó, bem decorado e cheio de coisinhas bonitinhas. O serviço é um pouco intimista. Bolos deliciosos e doces estão à vista, e ainda sai com alguma fofurice de decoração pra casa!
Mas os jovens não ficam de fora. O lugar é mais amplo, a música é quase sempre de balada. No cardápio tem opções quentes e frias de cafés. Doces e salgados deliciosos são as preferências. Também gostam de torta de maçã e a de castanha.
Mas tem o café e negócios. Aí os assuntos podem ser como estimular e potencializar a criatividade dos líderes e gestores de RH, trabalhando o conceito de que todos podem e devem ser criativos. Ou também apresentar formas de estímulo à criatividade nas organizações, o que vem a ser o primeiro passo para a construção de um método para a inovação. Em algumas cidades um antigo vagão de trem é transformado em quiosque, a pedida perfeita para depois do almoço. Pão de queijo e brownie acompanham muito bem os cafés com papos dessa natureza.
Mas se tem um Café que sinto falta no nosso Polo Cultural da Estação Ferroviária é:


Você pode gostar também

0 comentários